Foto Colunista

POR Isabela Bacelar

Como é bom sentir o Teu amor tocar em mim

Colunas / 11.05.15

Sou Isabela e tenho 23 anos. Sou católica. Cumpri os rituais da Igreja, fui batizada e fiz a primeira comunhão. Sempre me julguei próxima de Deus. Tinha o hábito de rezar antes de dormir (brevemente, quando a cabeça não estava ocupada com outras coisas, ou quando tinha insônias, ou quando não havia nada de interessante na TV) e tentar viver de acordo com os ensinamentos da Bíblia, respeitando meus familiares e amigos. Achei que fosse suficiente me benzer antes de dormir, ir à missa ocasionalmente (nos dias em que não tivesse um aniversário para ir ou prova no dia seguinte), agradecer rapidamente a Deus por ter me poupado de um acidente no trânsito, pela nota boa, pela cura de alguma doença…

Achei que não tinha problema reclamar da vida, dos problemas, me desesperar. Quantas vezes troquei o rosário por mais 10 minutos no Facebook, ou mesmo estudando, ou conversando no Whatsapp… Quantos livros já li em todos esses anos ao invés da Bíblia. Sempre amei muito Deus. Mas até essa sexta-feira, dia 13 de outubro de 2014, eu nunca tinha aberto verdadeiramente as portas do meu coração para a luz do céu entrar.

Ao chegar no VII Tenda Jovem, eu não sabia muito bem o que esperar. O convite veio em cima da hora, um dia antes houve uma (divina) desistência e uma amiga muito querida me encaixou. Logo antes de receber o telefonema, eu estava em um momento de angústia, daqueles que vêm e vão nessa fase da vida, tentando achar algum sentido em minhas atitudes e em um raro momento de conversa com Deus. Ele, então, falou comigo, de uma forma tão direta que me assustou.

Chegando lá, o clima de descontração e adoração começou a me contagiar de forma tímida. E a Palavra foi fazendo sentido. Aos poucos fui me identificando cada vez mais com os diálogos com o Frei e com os trechos lidos da Bíblia. Vi que mais 119 jovens estavam ali com o mesmo propósito, alguns mais abertos, outros mais céticos, mas todos se dando uma oportunidade para uma vida nova. Todos em busca de sentido, de completude.

Comecei a me sentir diferente. Uma das primeiras sensações provocadas por toda aquela oração e louvor foi a de voltar a ser criança, quando o seu ouvido do coração é mais aguçado. Voltar para a fase em que quase não se olha no relógio, se aprecia mais a natureza, se ri com facilidade, que (na minha época) nem tinha um celular… Voltar para a época em que eu falava com Jesus de forma mais aberta, sem deixar as coisas do mundo ficar entre nós. Com o passar dos anos, meu ouvido do coração, assim como o da maioria dos jovens, foi dando lugar ao ouvido do mundo.

Nós, habitantes desse mundo louco, globalizado, acelerado e muitas vezes cruel começamos a nos cobrar, a viver em um estado de agitação, de pressão, de fugacidade das relações, de sucesso a qualquer custo, de distanciamento da Igreja e de busca de plenitude em todos os lugares menos em Jesus Cristo. Tentamos preencher o vazio de nossas existências com coisa que nunca nos satisfarão, o que nos gera ainda mais angústia. Desde que nascemos temos a necessidade de nos sentirmos amados, aceitos, queridos. Mas o mundo, com frequência, não nos dá a resposta que procuramos. E essa resposta só pode ser encontrada em um lugar. No lugar onde fomos verdadeiramente criados. No lugar em que somos amados mesmo que pecadores, mesmo que mesquinhos, mesmo que invejosos e egoístas, altos, baixos, esquisitos. Este lugar é o colo de Cristo. Lá, encontramos o amor e a aceitação plena. Vivendo por esse amor, com esse amor e agindo através desse amor, voltamos a ser quem verdadeiramente somos. Nas palavras do Frei, somos quem Deus pensa que nós somos.

Aprendi também que nunca é tarde para nos colocarmos com humildade ao pé da cruz e pedirmos perdão por termos nos afastado, por nossas reclamações levianas. Deus só está esperando o mínimo sinal do nosso amor por Ele para nos mostrar as maravilhas que pode fazer em nossas vidas. Apesar Dele nos amar independentemente de qualquer coisa, nós podemos sentir esse amor de forma mais expressiva em nossas vidas se abrirmos as portas de nossos corações e entregarmos todas as nossas dúvidas sobre o futuro, nossas angústias e esperanças Nele.

Percebi que não bastava fazer tudo o que eu fazia, correndo atrás do sucesso nas relações pessoais e profissionais, sem entregar a minha vida ao Pai. Vi que ele está louco para cuidar de mim do jeito que eu quero ser cuidada. E concluí que uma vida jovem e leve é perfeitamente compatível com a realidade da Igreja, e que o tão almejado sucesso lhe é acrescido quando você busca o Reino de Deus. A chama do Espírito Santo reside em cada um de nós em estado de latência, esperando uma fagulha mínima para acender e inundar o coração da Igreja Jovem.

_____________

Isabela Bacelar é advogada, graduada pela Universidade Federal do Maranhão.

____________________________________________________________________________

Os artigos publicados com assinatura não traduzem a opinião do Site BH. Possibilitamos que o leitor conheça opiniões diversificadas sobre os assuntos em pauta nas mídias sociais. Sempre iremos expor visões diferentes para que o leitor se questione, questione o mundo ao seu redor e, principalmente, corra do senso comum. Quer ver o seu texto por aqui? Mande para redacaositebh@gmail.com

Seja o primeiro a curtir.
Share on Facebook0Tweet about this on Twitter

17 respostas para “Como é bom sentir o Teu amor tocar em mim”

  1. Lindas palavras Isabella! Foi exatamente o que eu senti com o Resgata-me. Não tem nada melhor nesse mundo que sentir o amor de Deus !

  2. Bela, em primeiro lugar, que testemunho lindo!! Talvez, mesmo sem ter percebido, você está preparando o caminho para que Cristo chegue aos corações de outros!
    Em segundo lugar, QUE SAUDADE!!!!
    Não conhecia sua veia escritora, mas ainda bem que a Bárbara nos presenteou com essa oportunidade e o Espírito Santo usou o seu dom para falar aos nossos corações! Beijocas!!

  3. É bom ir dormir depois de uma boa leitura! Pude reviver o Tenda nesse testemunho. Deus nos faz mudar por inteiro! Linda, Linda PRIMCESA Bela!

  4. Fiquei emocionada com esse testemunho de Isabela pq foi exatamente como eu me senti quando fui no Tenda Jovem! É simplesmente perfeito, me identifiquei muito e não conheço ninguém que vá e não se emocione! Parabéns pelo site, Bárbara.

  5. Isabela, que testemunho mais lindo. Me emocionei lendo cada linha escrita, com o amor colocado em cada palavra, e continue com esse lindo coração! ❤️
    Parabens Bárbara, pelo espaço dado no seu site que nos fez repensar em nossas atitudes perante a Deus com esse testemunho. Beijo, fica com Deus.

  6. Como eu me identifiquei com seu testemunho…. e é bem assim mesmo, bela. Quando a gente se deixa ser tocado pelo amor de Deus de forma verdadeira todas as coisas passam a fazer mais sentido, o amor transborda, transforma, enriquece, nos deixa leve e nos faz querer estar cada vez mais e mais perto dEle. Fiquei emocionada. Parabens por esse seu lindo coraçao.
    E Parabens pelo site, Barbara (:

  7. Que belo testemunho!!! Sem dúvida, vale a pena embarcar nessa experiência e se permitir ser surpreendido! Que essas palavras alcancem muitos corações!!!
    Parabéns pelo testemunho, Isabela! E pelo site novo, Bárbara!! Deus abençoe!!

  8. Lindo testemunho Isabela! Quando Deus ocupa o primeiro lugar em nossas vidas, tudo fica mais perfeito. Que Deus a abençoe sempre minha linda❤️

  9. Muito lindo! É muito bom dar nossa juventude para Deus. Ele é tão perfeito e preenche tão perfeitamente vazios que nem sabemos que existiam dentro de nós. Que seu texto sirva para tocar o coração de muitos que ainda não se renderam a esse amor. Parabéns :))

  10. Parabéns por ter guardado tão grande amor de Deus que foi derramado no Tenda Jovem VII ! Deus te abençoe cada dia mais,PazeBem.

  11. Me emocionei muito com essas palavras lindas, Bela! Fazer essa experiência com o amor de Deus também foi a melhor decisão que tomei na minha vida. E ver que tantos outros estão se deixando tocar é a maior recompensa que se pode ter. É muito bom ser jovem, mas sem deixar de ser de Deus.
    Parabéns pelo site, babu! Muito sucesso.

Deixe uma resposta

*

ARQUIVOS

BH NO INSTAGRAM

FOLLOW @BARBARAHELLEN

BH NO FACEBOOK